Qualidade de vida e Obesidade

A Obesidade é uma doença crônica. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) é caracterizada pelo acúmulo anormal de gordura corporal sob forma de tecido adiposo, que leva ao aumento do índice de massa corporal (IMC) em valores maiores ou iguais a 30 kg/m².
 
A causa é multifatorial envolve os fatores comportamentais, ambientais, metabólicos, genéticos e emocionais.
 
O que se vê é um aumento considerável da obesidade no Brasil e no Mundo e com isso impacto importante na qualidade de vida. Essa é definida como a percepção de um indivíduo quanto à sua posição na vida no contexto da cultura e nos sistemas de valores, nos quais ele está inserido e relaciona com os seus objetivos, expectativas, padrões e preocupações. (OMS)
 
Quando associada a comorbidades torna a vida da pessoa com obesidade mais desafiadora. Dentre essas comorbidades as mais comuns e graves são a hipertensão arterial sistêmica (HAS), Diabetes Mellitus tipo 2 (DM2) e dislipidemias (DLP) e redução da produtividade.
 
O tratamento da obesidade inclui medicação, dietas, orientação quanto a mudança de hábitos de vida como prática de atividade física e muitas vezes necessidade de tratamentos complementares. Ter a obesidade já impacta na qualidade de vida, mas ter insucesso nos tratamentos é ainda mais preocupante e desestimulador.
 
Por isso para muitos casos a cirurgia bariátrica é o tratamento com melhor resultado e resgate de uma oportunidade de mudança de vida sólida e com mais consciência.
 
Uma forma de ajudar o paciente a entender como está sua qualidade de vida é analisar as cinco condições : autoestima, atividades físicas, relacionamento social, atividade sexual e desempenho no trabalho.
Uma vez que o paciente consegue se perceber nessas condições, surge a autoconsciência e a autoresponsabilidade para mudanças e encontrar valores pessoais importantes.
 
Durante a avaliação médica-cirúrgica considera-se que os aspectos não podem ser segmentados, a pessoa é única com isso a saúde física impacta na saúde emocional, na vida profissional e nos relacionamentos. O olhar integrativo é fundamental para tratar a obesidade e trazer mais saúde e melhora em todos os aspectos da vida.
 
Fica o convite para refletir sobre como está sua qualidade de vida!
 
Dr Demétrius Germini