Obesidade em adolescentes: Fazer a bariátrica?

A obesidade em adolescentes é considerada um dos problemas mais graves de saúde, nessa faixa etária. E vem se agravando nos últimos anos, com o aumento de jovens com graus de obesidade mais avançados. O que você tem feito em casa para mudar isso?

obesidade em adolescentes

Desde a pandemia, o sedentarismo aumentou e a pressão psicológica causada pelo isolamento também impactou jovens que acabaram adotando uma dieta alimentar menos saudável. 

Muitos pais agora vivem o dilema de decidir pelo filho: Fazer a bariátrica?

Como decidir?

A gente sabe que não é uma decisão simples em nenhum cenário. Mas, há estimativas de que 50% de jovens obesos se tornarão adultos obesos. E esta é uma preocupação importante para a saúde e qualidade de vida, a longo prazo.

Por isso, o tratamento pela bariátrica é considerado, pelas sociedades médicas responsáveis, uma terapia válida para os maiores de 16 anos.
 
A melhor maneira de tomar a decisão é consultar o pediatra que acompanha o histórico desse jovem. Vale lembrar que, em muitos casos, há fatores genéticos que também podem interferir para o sobrepeso. E também para uma síndrome metabólica.
 
Se você não sabe o que é síndrome metabólica, clique aqui.

Psicológico

Há também aspectos psicológicos a considerar. A adolescência é marcada por questões de identidade, aceitação e socialização. E observar esse aspecto no seu filho(a) é importante para determinar que rede de apoio formar para apoiar suas necessidades e prioridades.
 
O processo de fazer a bariátrica tem um apoio psicológico, como explico nesse vídeo.
 
Importante saber que esse jovem, como os adultos, terá acompanhamento psicológico em todo o processo. Não só antes. Estar disposto a viver as condições do pós-operatório também é uma conversa que requer cuidado e toda informação é importante.
 
Você encontra uma playlist que conta sobre o pós-operatório neste link.

Cirurgia

A cirurgia em pacientes jovens oferece um risco muito baixo, com poucos registros de complicação para quem segue as recomendações em todas as fases. Para saber se este adolescente é candidato a cirurgia bariátrica, se ele se encaixa nos critérios médicos e do plano de saúde, você encontra mais informações aqui.
 
Nos últimos anos, muitos pais vêm optando por autorizar a cirurgia. A Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM), constatou que que o número de jovens que fizeram a cirurgia na rede privada aumentou de 218% em dez anos.
 
Quero ressaltar que, assim como adultos, é fundamental que, antes de uma intervenção cirúrgica, outros tratamentos como a reeducação alimentar tenham sido instruídos pelo pediatra e outros especialistas que fazem o acompanhamento deste jovem.
 
Dúvidas sobre a cirurgia? Aqui.
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.