Endometriose Intestinal, não sofra

  Endometriose é uma doença ginecológica progressiva que vai minando
a qualidade de vida da mulher.

 

 

endometriose chega de dor

A princípio, a queixa de dor pélvica durante os ciclos menstruais é a mais comum, mas sabemos que a dor não é somente física.

É também uma dor social, uma vez que dificulta muito a realização das atividades de vida diária e produtividade geral, incluindo a profissional. Ao contrário do que muita gente pensa, essa dor não é normal!

 

Você pode mudar esse quadro com uma atitude simples: Procurar o médico. Antes de mais nada, ele vai fazer um levantamento amplo, com perguntas específicas para entender a queixa, que pode ter causa multifatorial. Nessa ocasião, ele vai buscar informações sobre seu estilo de vida.

Nesse sentido, o diagnóstico precoce é fundamental, visto que existem recursos para resolver esse problema e impactar rápida e positivamente as rotinas da mulher.

Endometriose intestinal é…

Relembrando, na endometriose intestinal, diferentemente da endometriose simples, o tecido do endométrio não fica só no aparelho reprodutivo. Ao contrário, ele invade  o intestino, determinando fibrose e inflamação local. Principalmente, a dor ocorre pelo crescimento dessas lesões que afetam a estrutura das áreas invadidas. Quando isso acontece, o corpo reage. Por exemplo, provocando dor.

Os sintomas dependem do nível de acometimento do intestino, os mais comuns são:

– Dismenorreia progressiva(cólicas)

– Dispareunia (dor durante ou após relação sexual)

– Dificuldade de evacuação (com dor que espalha para região do períneo)

– Sangramento nas fezes e se a lesão do intestino se estender lateralmente pode gerar sintomas urinários.

Mas, e quais os exames para diagnóstico?

– Videolaparoscopia diagnóstica

– Exame de Sangue

– Ultrassonografia Transvaginal com preparo intestinal

– Colonoscopia

Assim, a análise conjunta de todos os exames e dados clínicos é o que define o diagnóstico da ENDOMETRIOSE INTESTINAL

Tratamento

Para a endometriose simple, de acordo com o diagnóstico o tratamento pode ser com medicamentos. Em contrapartida, o tratamento para endometriose intestinal é cirúrgico.

A cirurgia pode ser realizada com diferentes técnicas:

  • videolaparoscópica,
  • abdominal,
  • vaginal
  • combinado dessas técnicas.

Sobretudo, a Videolaparoscopia e a Robótica são técnicas menos invasivas, com menos risco de infecção e promovem uma recuperação mais rápida.

Por fim, quer saber mais sobre isso?

mande mensagem.

No Youtube, você encontra uma playlist sobre o assunto sobre o assunto.

Portanto, lembre-se que o médico pode ser seu melhor aliado,

Dr Demetrius Germini

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.